Artigos


Cirurgia de miopia oferece algum risco à visão? Quais são os principais riscos e que cuidados a pessoa que fez a cirurgia deve ter depois?



A cirurgia refrativa é o nome usado às cirurgias para corrigir miopia, hipermetropia e astigmatismo. Esta técnica cirúrgica vem passando por grandes avanços tecnológicos no decorrer do tempo e com o aparecimento da cirurgia a laser, passou-se a proporcionar maior segurança e eficácia em relação as técnicas anteriores.
Tivemos recentemente novas inovações tecnológicas com o desenvolvimento da cirurgia personalizada que é uma técnica individualizada que respeita as características de cada olho, que é identificada e avaliada antes da cirurgia através de um exame chamado Aberrometria, que mapeia as características do olho, obtendo-se uma espécie de "impressão digital da superfície ocular” , permitindo que a cirurgia seja personalizada para cada paciente.
Associado a estes fatores tivemos ainda avanços nos medicamentos utilizados durante o pré e pós operatório. O uso correto destes medicamentos, de acordo com a prescrição do oftalmologista, são fundamentais para a obtenção de bons resultados cirúrgicos, tornando o procedimento mais seguro no sentido de reduzir significativamente a possibilidade de complicações no pós operatório.
No período pós operatório, os cuidados que paciente deverá tomar, são muito importantes. Além do uso dos colírios, quando exposto ao sol é necessário a utilização óculos escuros com filtro UV, de boa qualidade, por um período de pelo menos entre 6 a 12 meses. Vale lembrar que a proteção UV é sempre importante para a proteção dos olhos.
Pode-se dizer que diante da avaliação oftalmológica criteriosa que atualmente é realizada, associada ao cumprimento rigoroso por parte do paciente das recomendações médicas e acompanhamento oftalmológico periódico, a cirurgia Refrativa, é um procedimento considerado de elevada segurança, com incidência de riscos e complicações muito pequenos.
É preciso lembrar, que a cirurgia a laser não pode ser realizada em todos os pacientes. O médico oftalmologista realiza as avaliações das condições do olho, através de exames e avaliações específicas, que verifica se este paciente possui as condições necessárias para a realização do procedimento, identificando inclusive, possíveis contra-indicações para a cirurgia.

Dr Francisco Eugenio Campiolo


FONTE: JORNAL FOLHA DE LONDRINA – COLUNA SUA SAÚDE - junho/2006


Outros Artigos

1 2 Próxima

Rua Professor João Cândido, 1465 - Centro - Londrina - Pr - CEP 86010-001
Fone/Fax: (43) 3336 5005
Clickweb Agência Digital